quinta-feira, 5 de julho de 2007

Lascivo

Ah, não...não é paixão
Ainda não.
Sei não o que é
Mas que era aquela sensação
Hoje pela manhã?
Um cata-vento em meu estômago?
Estado de graça?
pode ser...
Volúpia indizível
A roer minha ansiedade
Daquelas que sentimos
Ao comer algodão-doce;
No rádio um blues
Ou qualquer música de 70'
Aqueles sons excitantes
Psicodélicos...
Ah, tal volúpia era você, baby...
Era você, apertando minha nuca.

Nenhum comentário: