sábado, 12 de julho de 2008

Coração aos saltos
Quando Yellow Ledbetter
Tocou
Tecendo um cachecol
Como quem tece as lembranças
Dos anos que desenrolaram
Desde o lançamento de Lost Dogs
Me veio toda dor
Da época em que os calmantes
Já não mais efeito faziam;
Tempos em que éramos felizes,
Apesar do sofrimento inflamado,
E não sabíamos...
Ou como diziam os poetas:
"Mesmo a tristeza da gente
Era mais bela..."

4 comentários:

Fernando Araujo disse...

Uma sequência matadora de poemas fodassos, cris, prevejo que em breve terá um livro seu em mãos e nós também. Graças;

Beijo, se cuide, se ame.

genial, sinceramente.

Mário Liz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mário Liz disse...

nostalgia ...

1993, eu com 11 anos, delirando com Pearl Jam, Alice In Chains, Nirvana, Iron Maiden, Metallica, Ozzy ...

pequeno-poeta-metaleiro

e os poemas com aquele cheiro de foto amarelada ... delícia !

_______________

o poema anterior ao post atual, bem ... esse aí é outra história.

pensei em escrever algo parecído ... talvez se eu tomasse uma garrafa de Tinto Seco Cabernet, talvez também um copo de vinagre branco ... alguns limões ...

que nada ... poemas assim, são só para vc!!!

essa magia de transformar aflição em verso ...

PERFEITO

Anderson Silva disse...

Fiaaaaaaa...belo poema!!!!

Cadê nosso blog?????

Ps: Saí do Orkut....aquilo faz mal...rsrs...Beijo!!!!


to no e-mail
andersonajbsilva@yahoo.com.br
or
anderson_silva80@hotmail.com