segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Para Suellen Santanna

Se alguém te conhecesse realmente
espantar-se-ia em saber
que bela farsa forjada vendes
aos teus pobres olhos famintos
por dores
que se atiram nessa tela pálida...
Ao que diria eu: não há
uma só máscara no que vês
apenas a camada una de cera fina
a confundir o coração da gente toda.

Um comentário:

mona disse...

olá ...

dando uma voltinha entre teus poemas, sendo que fazia ãlgum tempo que não conseguia acompanhar os blogs que gosto ;;;

abraços
com meus ventos e momentos

www.monalisabudel.blogspot.com