terça-feira, 12 de fevereiro de 2013


Eu não desejo PAZ
Pois desejos são limitados
e eu sou livre de amarras!
Eu não flutuo mais na incerteza de ideais
Ideais são como bolhas-de-sabão:
bonitos, mas leves demais para a concretude.
Antes de SER
Eu fui
PAZ
Outrora...
Essencialmente
PAZ EU SOU
agora.

Um comentário:

Luís Gustavo Brito Dias disse...

paz
uma das traduções do amor.