terça-feira, 1 de maio de 2012


É tudo tão grandioso e efêmero
Não cabe em uma vida,
nem em um banco de dados cerebral
Não compete a um grão de areia
ou menos -
que somos,
mas apenas a uma consciência cósmica

em nós,
fica apenas a sensação desse registro
universal
e pode ser esplêndida ou
perturbadora
cabe a nós regularmos nossa antena
a essa impressão inaudita.

Um comentário:

Luís Gustavo Brito Dias disse...

- cabe a nos sermos
transcendendo o espaço-tempo
para compreendermos
que somos vida e alento.


puro amor, Cristine, parabéns.

Grande abraço.
Muita luz para todos nós.